quarta-feira, 26 de outubro de 2016

RÚSSIA ANUNCIA MAIOR MÍSSIL NUCLEAR DE SUA HISTÓRIA: ‘SATÃ 2’

Artefato poderia destruir área duas vezes maior que Reino Unido

MOSCOU — A Rússia divulgou nesta terça-feira as primeiras imagens do maior míssil nuclear que o país já teve. O artefato é chamado de RS-28 Sarmat e já seria apelidado de “Satã 2”. Se lançado, o míssil poderia destruir uma área equivalente à França ou duas vezes maior que o Reino Unido.

Além disso, o míssil tem a capacidade de viajar por longas distâncias e pode chegar facilmente, por exemplo, à cidade de Nova York. Segundo especialistas, um ataque deste porte poderia superar muito a potência das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki.

O plano é que os artefatos sejam operacionais até 2020. Eles deverão substituir o modelo RS-36M, que foi apelidado de “Satã” quando entrou em serviço nos anos 1970.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

CONFIRA 10 GRANDES AMEAÇAS QUE PODERIAM NOS LEVAR AO APOCALIPSE

1 - Aquecimento global - Se o gelo das calotas polares da Terra derretesse, isso faria com que os oceanos se elevassem muito, fato que seria catastrófico para a civilização humana. Mais de 75 por cento da população mundial vive abaixo de altitudes seguras, incluindo Londres e outras grandes cidades.

Além disso, um planeta mais quente também poderia desencadear a propagação de doenças infecciosas, a acidificação dos oceanos e o aumento de secas e da fome. Um aumento de apenas seis por cento da temperatura global será suficiente para acabar com a vida no planeta.

2 - Explosão de raios gama - Explosões de raios gama são flashes de luz, provavelmente causados pela fusão de duas estrelas colapsadas. Essas são as mais poderosas explosões de energia do universo, cerca de dez quatrilhões de vezes mais fortes que o Sol.

Até agora, as explosões têm acontecido em galáxias distantes milhões de anos-luz da Terra. Agora, se um flash intenso de raios gama atingisse a Terra por dez segundos, ele seria suficiente para cozinhar a atmosfera e destruir a camada de ozônio, causando um grande evento de extinção em nosso planeta.

3 – Pandemia - Ao longo da história muitas doenças mortais surgiram. A Peste Negra matou um em cada quatro europeus no século 14, enquanto em apenas dois anos a gripe espanhola de 1918 levou, pelo menos, 50 milhões de vidas. Especialistas dizem que é apenas uma questão de tempo até que apareça uma nova pandemia global.

4 - Ascensão dos robôs – Parece coisa de filme, mas é possível. No futuro, as máquinas de matar robóticas podem dominar o planeta. As Nações Unidas apelaram recentemente a uma proibição de robôs assassinos. Especialistas indicam que a inteligência artificial pode ser a "maior ameaça existencial" para os seres humanos.

5 - Buraco negro - Nossa galáxia está cheia de buracos negros, formados quando estrelas gigantes entram em colapso. Em julho deste ano, cientistas da Universidade de Durham descobriram cinco buracos negros que apresentam bilhões de vezes o tamanho do nosso sol. Uma passagem do buraco negro nas proximidades da Terra poderia ejetar o planeta do sistema solar.

Leia também:

6 - Guerra global - Muitos cientistas ainda estão preocupados com a clássica ameaça da guerra nuclear global. Há estoques enormes de armas nucleares ao redor do mundo, que poderiam desencadear uma catástrofe se caíssem em mãos erradas.

Atualmente, nove países são conhecidos por terem capacidades nucleares, incluindo a Rússia, Paquistão e Coréia do Norte, que possuem cerca de 16.300 armas nucleares. Além disso, existem também as armas biológicas, que são uma ameaça ainda maior para a nossa existência.

7 - Inversão dos pólos – Esse fenômeno significaria um grande prejuízo para o campo magnético do planeta. Uma nova pesquisa, publicada no ano passado pela Agência Espacial Europeia (ESA), mostra que o campo magnético da Terra está se enfraquecendo 10 vezes mais rápido do que se pensava anteriormente, e que poderia virar dentro dos próximos 100 anos.

O campo magnético desvia tempestades de partículas e raios cósmicos do sol. Cientistas afirmam que, sem essa proteção magnética, a atmosfera da Terra seria diretamente atingida, destruindo a camada de ozônio.

8 – Supervulcão - Muitos acreditam que a próxima erupção perigosa para a Terra será a do supervulcão do parque nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O vulcão Yellowstone entra em erupção num ciclo de quase 600.000 anos. Os especialistas prevêem que, quando ele entrar em atividade novamente, as consequências para o mundo serão catastróficas. Poucos minutos depois da explosão dezenas de milhares de pessoas estariam mortas, o sol seria bloqueado por cinzas, a temperatura global iria despencar 21 graus, a chuva iria se transformar em ácido e a maioria dos seres humanos seria exterminada.

9 - Invasão alienígena – Se os aliens finalmente chegarem ao planeta Terra em grande número, estaria decretada a nossa destruição. Os invasores extraterrestres poderiam saquear nossa água e trazer pragas mortais para os seres humanos.

10 - Impacto de um asteroide - Um asteroide grande o suficiente para acabar com a civilização na Terra poderia entrar em colisão com o nosso planeta no futuro. Os especialistas concordam que esse asteroide só acontece uma vez a cada um milhão de anos.

Via Mirror.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *